Quer viver melhor? Você pode! Vem saber como…






Depois dos 25 anos de idade, naturalmente, os nossos hormônios, que regulam grande parte do bom funcionamento do nosso corpo, sofrem uma queda drástica. A vida corrida, o stresse, noites mal dormidas, má alimentação e sedentarismo também podem favorecer para esse descontrole. A longevidade ou Medicina Preventiva têm o objetivo de cuidar da harmonização e regularização desses níveis.

Com o ajuste dessas taxas no nosso corpo, o organismo passa a funcionar de maneira normal e regulada, trazendo mais energia, disposição, dando uma boa qualidade de sono, uma melhor resposta no ganho de massa muscular, como também melhora à libido e o desempenho sexual, proporcionando um envelhecimento com mais saúde e mais qualidade de vida.

“Se sentir cansado, enfadado ou sem energia regularmente não é normal, se isso está acontecendo, tem algo errado com você! As pessoas podem ter uma vida bem melhor, mas não sabem que tipo de ajuda precisam” pontuou Dra. Fernanda Veloso, médica com especialização em Estética e Longevidade. Quer conhecer esse tratamento e melhorar sua vida? Ela te ajuda:

Vamos aprender a escovar os dentes?






A Doença Periodontal, acomete a gengiva e, caso não tratado, o tecido ósseo que dá sustentação aos nossos dentes. Esta, inicia-se com um pequeno sangramento, relatado pelo paciente, que caracteriza-se como gengivite, e na maioria das vezes, não apresenta nenhum sintoma. Se não for tratada logo, a doença pode se agravar atingindo o osso… a chamada periodontite. Nesses casos, alguns pacientes podem até perder os dentes atingidos. “A gente tenta, mas muitas vezes o problema está tão avançado que não tem como salvar o dente, é preciso fazer a cirurgia e retirá-lo, pela falta de estrutura e a presença de doença e atividade bacteriana local”, explicou a dra. Sarah Rachel, Pós Graduada em Periodontia e que compõe a equipe do Centro de Medicina Oral.

Gengivite

Periodontite

A melhor maneira para evitar essas doenças é fazendo uma boa higienização bucal. Passar o fio dental e escovar os dentes sempre após qualquer refeição é essencial. A escova ideal é uma que tenha cerdas macias ou extra macias, o cabo longo, a cabeça pequena e que tenha um limpador de língua. “Tem gente que escova os dentes de qualquer jeito, mas é preciso que o faça da maneira correta, usando a técnica adequada, e na frequência correta. Daí a importância da visita ao Cirurgião Dentista, concluiu Dra. Sarah.

Dra. Sarah Rachel é dentista, Pós Graduada em periodontia e implante e é mestranda em clínica odontológica pela UFPE. Ela atende no Centro de Medicina Oral que fica na rua Silvino Macêdo, 85 no bairro Maurício de Nassau. Os telefones pra contato são 3136-3550/ 99930-6898 (WhatsApp).